quarta-feira, 28 de dezembro de 2005

Romantic Trip

Tropeçavas nos astros desastrada, e eu na lua, na rua, na Nasa em casa... e eu digo: - Calma alma minha, calminha, você tem muito o que aprender. Pequenas porções de ilusão, raspas e restos e mentiras sinceras me interessam. É melhor ser alegre que ser triste, a alegria é a melhor coisa que existe, pode rir agora, que o fio da maldade se enrola. Pra nós todo amor do mundo, pra eles o outro lado, eu digo mal-me-quer. E desse engodo eu vi luzir de longe o teu farol, minha ilha perdida é aí, o meu pôr-do-sol. A paz invadiu o meu coração e eu pensei em mim, eu pensei em ti, amor da minha vida, daqui até a eternidade. I wanna love ya, and treat you right, we will be together, with a roof right over our heads. E tudo nascerá mais belo, o verde faz do azul com o amarelo o elo com todas as cores. Talk to me, now i’m older, someday, someday... and come as you are, as you were. Na bagunça do armário embutido, meu paletó enlaça o teu vestido e meu sapato ainda pisa no teu. Eu vim pelo que sei, e pelo que sei, você gosta de mim. And so it is, just like you said it would be. Você que é feita de azul, me deixa morar nesse azul, me deixa encontrar minha paz. I can’t take my eyes of you.

4 comentários:

Paul disse...

Prá mim tudo isso??!!! Aí Negão, assim eu não aguento. Tá bom, tá bom: EU TAMBÉM TE AMO!!!
Para com essas baboseiras românticas e faz um joguinho prá nós, tô baixando aí em Pel hoje pelas 9 da noite. FAZ TEU TIME E VEM!!

Paul disse...

tá e aí? vamos atualizar esta bagaça?

Eduardo Lorea disse...

Dá-lhe, meu negão. Com uns meses de atraso, apareci por aqui.

Bonito lugar. Letrinhas bem ajuntadas, parabéns! Vestibular pra quê? Tu já escreve! Agora é só comprar o diproma.

Aliás, tás devidamente linkado no meu brogue.

Abraço!

Jônatas da Costa disse...

Seja bem vindo, grande Ed! Muito me honra a presença do amigo por aqui. Abraço