quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Waking life

São 5:30 e a herança menos querida que trago da Princesa do Sul, minha rinite alérgica, decidiu que não vou dormir mais hoje. Então resolvi abrir este meu caderninho eletrônico para contar uma história que, por pouco, não deixo passar batida.

Ando dormindo tão mal que, às vezes, não sei se estou vivendo mesmo ou se estou dentro de um filme de David Lynch.
Ocorre que anteontem eu saía do meu examen de español e vinha me dirigindo para casa, clamando por uma cama aconchegante que aliviasse meu cansaço. Guiava meu carro pela Lima e Silva, sentido Ipiranga - Perimetral e, no meio do caminho, me lembrei de passar no Zaffari para umas comprinhas. Entrei no estacionamento coberto do supermercado - que fica no segundo andar. Desci do meu ex-roubado já recuperado e ainda combalido possante e peguei o elevador em direção ao térreo.
Desodorante, papel higiênico, suco de laranja, água e cerveja. O básico. Passei no caixa, economizar é comprar bem, tomara que eu esteja errado, porque na minha concepção economizar é comprar barato... Uma parada rápida na balança, para verificar se os quilinhos perdidos nos últimos tempos permanecem perdidos por aí. Tudo certo.
Saí com duas sacolas, relativamente leves, pela porta que fica ao lado da farmácia Panvel que tem dentro do super. A noite estava muito agradável. Caminhei lentamente, mas sem fazer nenhuma parada no trajeto, até meu apartamento. Cumprimentei o porteiro, subi as escadas, abri a porta de casa, entrei, guardei as compras e olhei com fervor para minha confortável cama de casal. Atirei-me sobre ela e meu corpo agradecia aos céus pelo merecido repouso.
Tem gente que fala em "harmonia entre o corpo e a alma"... Vai saber. O certo é que quando a carcaça descansou, os neurônios voltaram à sua lida normal. Cerca de 20 minutos depois da minha chegada ao lar, duas palavras eram berradas pelo meu cérebro para o resto da cabeça e do corpo: O CARROOOO!!!!

6 comentários:

Fâ disse...

Isso pode ter duas explicações:

Alzheimer!!!!!!!!

Retardamento!!!!!!!!!!!

Fabrício Lunardi disse...

Isso pode ter outra explicação:


Mironha!

Darlene Poerschke de Quevedo disse...

Aiii, mas que baita tonto que tu é!!!!
hahuashuashusauhshuahusa

Bjao negão espelotiado.

Darlene

Raíza disse...

Se nao fosse tu ai sim eu iria me surpreender! heheheh
é um monguinha mesmo!!!!
te amo
besos

Katia disse...

Ô Negrinho, a Lima e Silva, a Cidade Baixa é a tua casa. Só isso... Deu saudades de Porto Alegre...

Rodrigo disse...

cara, impressionante a manha de, num texto curto, levar o leitor EXATAMENTE para onde se quer. a gente acompanha o texto e, como o personagem da crônica (tu, no caso), esquecemos o carro no estacionamento.
cara, uma sensação BEM difícil de se passar, ainda mais (repito!!!) num treco rápido como esse.
coisa bem boa isso aí, meu amigo.